16/04/2009

A história da HOT-WHEELS


Vender dois carros
por segundo. Ter a seus pés uma legião de 15 milhões de colecionadores ávidos para comprar todo e qualquer lançamento que chegue às lojas. Cobrir todas as categorias do setor, fabricando modelos clássicos, esportivos, off-road, ônibus, caminhões e motocicletas. É ou não é o sonho de qualquer montadora? É. Mas quem chegou lá foi a HOT WHEELS com os seus carrinhos de ferro. Eles foram e continuam sendo o sonho de muitos meninos pelo mundo afora. Mais de 40 milhões de adultos brincaram com sua linha de carrinhos durante quatro décadas. Gerações e gerações cresceram aprendendo a gostar de carros, que apesar do tamanho diminuto, pareciam reais nas brincadeiras cotidianas que refletiam o estilo de vida dos meninos. A marca HOT WHEELS está ligada à paixão por carros e rodas de muitos marmanjos nos dias de hoje.

A história

Os carrinhos da marca HOT WHEELS foram lançados no mercado em 1968 no mercado americano pela empresa Mattel como forma de preencher o excesso de capacidade de produção resultante do declínio das vendas de réplicas de pistolas de cow-boy e competir com os modelos em escala 1/64 da Johnny Lightning e da Matchbox, até então líder de mercado. Inicialmente foram colocados no mercado 16 modelos diferentes (hoje em dia conhecidos como “Sweet 16” pelos colecionadores): Beatnik Bandit, Custom Barracuda, Custom Camaro, Custom Corvette, Custom Cougar, Custom Eldorado, Custom Firebird, Custom Fleetside, Custom Mustang, Custom T-Bird, Custom Volkswagen, Deora, Ford J-Car, Hot Heap, Python e Silhouette. Foi um tremendo sucesso!


No ano seguinte, com vendas muito acima do esperado, a MATTEL lança 24 novos modelos no mercado, incluindo o VW Beach Bomb. As vendas estouraram. No ano de 1970 foram produzidos os primeiros carros promocionais para a rede de alimentação Jack in the Box. Em 1973, para cortar custos devido a alta inflação da época, alguns modelos foram retirados do mercado, fazendo com que, hoje em dia, valessem uma boa quantia em dinheiro. Logo depois, em 1975, a marca começou a diversificar sua linha de produtos com o lançamento de sua primeira réplica de motocicleta (o próximo lançamento de motocicleta só viria a ocorrer em 1997). Outro acordo de grande destaque foi fechado em 1982, quando a marca assinou um acordo com a rede McDonald’s, para distribuir seus carrinhos em seus lanches para crianças. No ano seguinte os carrinhos começaram a ser produzidos no México e na França. Em 1985 a Kellogg’s colocou os carrinhos dentro da embalagem de alguns de seus cereais como itens promocionais. Este tipo de ação gerou uma forte popularidade para a marca.


Para comemorar os 20 anos de lançamento da marca HOT WHEELS, em 1988, a MATTEL fabrica carrinhos em ouro e prata cromados. Os modelos fazem sucesso instantaneamente. O sucesso da marca foi comprovado em 1991 quando atingiu a marca de 1 bilhão de carrinhos produzidos. Neste mesmo ano o McDonald’s ofereceu novamente carrinhos como itens promocionais dentro do Lanche Feliz. Os rumos da empresa começaram a mudar em 1996, quando alguns carros passaram a conter a inscrição Made in China. Era o começo de uma grande mudança na produção geográfica dos produtos da HOT WHEELS que possuía parques industrias nos Estados Unidos, Malásia, França, México e Hong Kong. Em comemoração aos 30 anos da marca, em 1998, foram lançados 40 novos tipos de carros.


A linha do tempo

1970
● Lançamento da série em escala 1:43 chamada Gran Toros.
● Lançamento da série Snake & Mongoose, composta por carros Dragsters, famosos em competições de velocidade nos Estados Unidos.
1974
● Pela primeira vez os pequenos carros usam gráficos impressos em vez de adesivos.
1980
● Lançamento da série Hi Rakers composta por carros com suspensão elevada.
1984

● Lançamento da versão ULTRA, considerado o carro mais rápido já produzido pela HOT WHEELS.
1987
● Lançamento do primeiro catálogo, com preços, direcionados para colecionadores.
1984
● Lançamento das primeiras garagens acompanhadas por carrinhos de plástico.
1990
● Lançamento dos pri
meiros aviões HOT WHEELS.
1995
● Lançamento da linha Treasure Hunt (Caça ao Tesouro), com produção limitada a apenas 10 mil unidades. Hoje em dia os modelos da linha são peças raras que valem muito dinheiro.
1996
● Adquiri a marca Matcbox da empresa Tyco.
2004
● Lançamento do modelo a pilha que podia ser abastecido por combustíveis caseiros. O carrinho andava com xampu, refrigerante, água. A brincadeira era descobrir qual deles fazia o brinquedo andar mais rápido.
2007
● Em comemoração aos 40 anos da m
arca, é lançado um conjunto, composto por 40 modelos representativos da HOT WHEELS durante estas quatro décadas. Foi escolhido para cada ano, um modelo que marcou época. A escolha dos 40 modelos foi feita pelos colecionadores através do site www.hotwheelscollectors.com durante o ano. Os modelos não são vendidos avulsos, apenas no conjunto de 40 modelos, ao preço de US$ 90.00, e foram colocados à venda a partir de outubro. Dentre os 40 modelos escolhidos estão clássicos da marca como o Custom Camaro (1968), Plymouth King Cuda (1970), School´ Bus (1971), Rodger Dodger (1974), Corvette Sting Ray (1976), GMC Motorhome (1977), Camaro Z28 (1982), 1965 Mustang Convertible (1984), Volkswagen Beetle (1989), Dodge Ram 1500 (1995), Volkswagen Drag Bus (1996), '70 Chevelle SS (1999), 68 Cougar (2002), 69 Dodge Charger (2002), 70 Plymouyth Superbird (2006) e `66 Chevy Nova (2007).

Os colecionadores

Colecionar HOT WHEELS é um hobby divertido, e muito lucrativo para MATTEL. Os colecionadores, compostos por marmanjos barbados, são um dos públicos mais importantes para a marca, não somente pelos milhões gastos anualmente para aquisições de carrinhos, como também por serem os maiores divulgadores da HOT WHEELS. Para os colecionadores os carrinhos são catalogados da seguinte forma:
Hot Wheels Clássicos (Pré-1980), Hot Wheels Modernos (1980-1989) e Hot Wheels Contemporâneos (1990-Hoje). Alguns colecionadores possuem mais de 10.000 itens em suas coleções, chegando a pagar mais de US$ 100 por produtos originais do final dos anos 1960 ou mais de US$ 300 por algu
ns modelos raros. A média de carros por colecionador no mundo é de 1.550 unidades.


O logotipo

O original, e agora famoso logotipo da marca HOT WHEELS, foi desenhado pelo artista californiano Rick Irons, funcionário da empresa na época. A
o longo do tempo o logotipo sofreu pequenas modificações como pode ser visto na imagem abaixo.



Os dados


● Origem:
Estados Unidos
● Lançamento:
1968
● Inventor: Mattel
● Sede mundial:
El Segundo, Califórnia
● Proprietário da marca:
Mattel Inc.
● Capital aberto:
Não
● Chairman & CEO:
Robert A. Eckert
● CFO: Kevin M. Farr
● Faturamento:
US$ 1.5 bilhões (estimado)
● Presença global:
+ 100 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários: 32.000 (Mattel)
● Segmento:
Brinquedos
● Principais produtos: Carrinhos de metais em miniatura
● Ícones: Os próprios carrinhos e suas pistas
● Slogan: Beat That!
● Website:
http://www.hotwheels.com/

A marca no mundo


A marca tornou-se um verdadeiro ícone americano, vendendo 2 carrinhos a cada sete segundos em todo mundo, sendo comercializado em mais de 100 países (o Brasil é o segundo maior mercado para a marca, presente em 25.000 pontos de venda). Calcula-se que cerca de 15 milhões de meninos, com idades entre 5 e 15 anos, colecionam HOT WHEELS em todo o planeta. Desde seu lançamento já foram desenvolvidos mais de 10 milhões de modelos e até hoje vendidos cerca de dois bilhões de unidades.
-
Você sabia?

● Atualmente a marca HOT WHEELS está licenciada em artigos escolares/papelaria; publicações; confecção; acessórios; artigos para casa; artigos para festa, artigos esportivos; eletrônicos; alimentos; brinquedos; saúde e beleza.
● O modelo Corvette R é o mais vendido pela HOT WHEELS.

Um comentário:

  1. eu amo a hot wheels eu não o meu irmão ele goataria muito de ganhar uma pista ele se chama kaua junior evangelista araujo por favor realize o seu sonho?é ter uma pista da bahia do tubarão por favor

    ResponderExcluir